Nota da CTB-RJ sobre o autoritarismo no Sepe-Petrópolis

Nota da CTB-RJ sobre o autoritarismo no Sepe-Petrópolis

A Central das Trabalhadoras e Trabalhadores do Brasil – Rio de Janeiro (CTB-RJ), através da presente nota oficial, manifesta sua Solidariedade com os Dirigentes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Estado do Rio de Janeiro da Regional de Petrópolis (Sepe – Petrópolis), Lívia Miranda e Alexandre Lima, pela violência sofrida no último dia 17 de maio, quando buscavam exercer seu papel enquanto dirigentes sindicais da categoria na cidade de Petrópolis.

 

Na ocasião, uma dirigente do Sindicato manifestou-se de forma autoritária exigindo a saída dos supracitados – diretores democraticamente eleitos do Sindicato – de uma reunião com o governo.

 

A CTB-RJ tem a democracia e o respeito aos estatutos de suas entidades como um dos pilares de sua atuação vê com enorme preocupação a adoção desse tipo de prática autoritária por parte de um dirigente sindical. Sendo assim, repudiamos a tentativa de silenciamento, a ameaça à democracia institucional e o desrespeito ao Estatuto da Entidade que estiveram na prática da referida dirigente. Não aceitaremos que o autoritarismo do dia 17 se repita e exigimos uma retratação oficial por parte da direção do Sindicato.

 

Em defesa da Democracia, dos Sindicatos e dos Trabalhadores!

 

Rio de Janeiro, 24 de maio de 2022

 

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB-RJ

Leia também...

Qual a sua opinião?

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.