Rio de Janeiro reúne 75 mil nas ruas pelo Fora Bolsonaro

Rio de Janeiro reúne 75 mil nas ruas pelo Fora Bolsonaro

A capital fluminense foi palco de mais uma grande manifestação em defesa do emprego, de vacina para todos, contra as privatizações da CEDAE e dos Correios e, pelo impeachment do presidente genocida Jair Bolsonaro. Mais de 75 mil pessoas se concentraram, na manhã desse sábado (24), no Monumento a Zumbi dos Palmares, para uma grande caminhada de protesto.

O ato foi organizado por diversos movimentos sociais e populares, entre eles as Centrais Sindicais, como a CTB-RJ. Comandado de forma ampla e democrática, as diversas matrizes ideológicas presentes no ato demonstraram unidade na defesa da vida e da democracia, rechaçando as ameaças golpistas feitas pelo Presidente Jair Bolsonaro e pelo Ministro da Defesa, General Braga Neto.

Presidente da CTB-RJ, Paulo Sérgio Farias; Vice-Presidenta da CTB-RJ, Kátia Branco e o Presidente do Sindicato dos Comerciários, Marcio Ayer estiveram presentes na manifestação.

Presente no ato, o Presidente da CTB-RJ, Paulo Sérgio Farias, valorizou a atividade que, na visão do mesmo, leva cada vez mais pessoas às ruas:

“O centro do Rio mais uma vez se vestiu de todas as cores para protestar contra o genocídio promovido pelo governo Bolsonaro. 75 mil pessoas estiveram no ato que reuniu diversas centrais sindicais, diversos partidos políticos, entidades do movimento Sindical e do movimento social de várias outras matizes. Mas o movimento também aconteceu em outras cidades revelando que o movimento se amplia em todo o estado. A CTB mais uma vez se fez presente com sua militância, lideranças de diversas entidades e núcleos filiados. A luta se acirra e radicaliza, o governo acuado ameaça com o rompimento democrático, ameaçando as instituições ao mesmo tempo que impõe mais sacrifícios ao povo e pior ainda, entrega nossas riquezas aos interesses estrangeiros.”

O Presidente da CTB-RJ também apontou o caminho que, para ele, é necessário para derrotar a agenda de desmonte promovida pelos atuais governos:

“Para barrar essas privatizações e o desmonte do estado brasileiro vamos ter que intensificar as mobilizações. Nossa luta por mais vacina, comida no prato, auxílio emergencial de 600 reais incorpora também a luta por emprego e a luta em defesa da democracia. O Fora Bolsonaro sai do centro da cidade e chega a periferia. A luta é pra valer” – afirmou.

Até a publicação dessa matéria, conseguimos confirmar que, além da capital, mais 18 municípios registaram atos contra o atual governo, exigindo o impeachment de Jair Bolsonaro e defendendo a democracia dos ataques promovidos pelo governo e seus aliados. São elas: Angras dos Reis (que contou com a mobilização do Sindicato dos Metalúrgicos local e com a presença da também vice-presidenta da CTB, Cristiane Marcolino), Barra do Piraí, Búzios, Cachoeiras de Macacu, Campos dos Goytacazes, Macaé, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paty do Alferes, Petrópolis, Resende, Rio das Ostras, São Fidélis, Teresópolis e Vassouras.

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *